sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Bossa da Saudade

Lagoa Rodrigo de Freitas - RJ. Foto tirada dentro do carro. Set. / 2008

Na linha do seu mar,
consigo me encontrar
No seu clima contagiante,
faço a bossa mais delirante

Ai, meu Rio
Ai, minha saudade

Se isso é sonhar,
Peço nunca acordar.
Que venha a garota de Ipanema...
Que venha o sal de Copacabana...

Ai, meu Rio
Ai, minha saudade

Agora é pôr-do-sol,
meu amor não se põe,
saudade fica
e o Rio de Janeiro continua lindo.

Ai, meu Rio
Ai, minha saudade

-

Dedico essa bossa à minha saudade (que tem sido cada vez maior), à Isa, ao Vitor, ao Moreira e à todos aqueles que aspiram sentir a beleza que o Rio de Janeiro guarda nele.

9 comentários:

Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Moreira disse...

Suas cores e cheiros se perpetuam em nossas memórias e nos remetem a deliciosas lembranças, a um saudosismo incomparável e interminável, mesmo quando estamos deitados em nosso próprio ninho. É sempre como a mãe e filho, vinculo que não se desfaz após a separação do cordão umbilical.

Salve o Rio de Janeiro, Salve Amandinha!

Júlio Sandes disse...

Prefiro minha Bahia,minha cidade do São Salvador. Pelo menos aqui as pessoas ainda se sentem seguras nos aviões e helicópteros.

Isadora Sodré disse...

rio, seu mar, sua praia sem fim...
rio, você foi feito pra mim;
te amo.

Vitor Andrade disse...

rio, seu mar, praia sem sem fim
rio você foi feito pra mim
também, viu Isadora?
hehehehe
O Rio que em breve vou sentir me abraçar, ao som da bossa.
Ah! E sobre a bossa não há o que falar. foi uma das coisas mais lindas que ja aconteceram em minha vida!
E essa então. Poderia imagina-la na oz doce de Nara, mas quero ouvir na tua!
um beijo carregado de saudade!

Matheus Sobral. disse...

Você devia musicar isso!

Luna disse...

nada se compara a bossa do RJ.

ele continua sempre lindo.

cheguei pelo blog do Victor, e gostei.

um beijo.

Ana Pin disse...

Realmente, não adianta, o Rio é uma cidade maravilhosa!

Alice disse...

viajei demais nessa foto, wagner