sexta-feira, 8 de maio de 2009

Desanuviar.

Na foto: M.

Meu coraçãozinho não está preparado para trilhões de batidas por segundo. Com certeza, a sensação que tive foi pior do que a de um ataque cardíaco! Ah, aquele homem! Que mãos, que jeito, que masculinidade! Eu estava curtindo minha ociosidade em casa... Pra que raios resolvi ir até a esquina?! E lá estava ele. Fumando e olhando nos meus olhos. Aí pronto! Não deu outra: me derreti toda! Não sei o que passou na minha mente naquela hora, mas o observei por inteiro. Ele, com cara de nada, apenas olhou para o lado e soltou a fumaça. E passei a observá-la. Olhei tanto que cheguei ao ponto de vê-la me puxar para aquele pequeno muro. Não resisti. Fui. Ah, se fui! Foi aí que não senti minhas pernas! Comecei a sentir frio na barriga, pernas bambas... E quanto mais perto chegava, mais aquele cheiro de homem eu sentia. Cheguei no muro e nem dei me dei conta do que estava fazendo. Apenas cheguei, afastei o cigarro daquela boca e o beijei. Talvez essa tenha sido a atitude mais certeira da minha pequena vida. Ainda não o vi de novo, mas de uma coisa eu tenho certeza: não quero ser a fumaça do cigarro que se vai com o vento. Quero ser a chama. Um dia apaga, mas enquanto dura...
*
Ainda tem mais uns 3 textos inspirados em fotos que vejo por aí. Nada disso se passou acima, mas é que minha imaginação anda meio fértil de uns tempos para cá...

6 comentários:

HBMS disse...

o-o se isso tivesse acontecido...bem, seria o máximo \o/ *-*

lucas disse...

uau.
que a sua imaginação continue assim, pois esse texto está sem palavras para descrevê-lo, rs

Maiara. disse...

vei, amei esse texto!
cara, que foda!

Marina disse...

Muito linda a postagem. Acho incrível quem consegue pegar uma foto e produzir uma coisa tão perfeita. Muito legal mesmo! Adorei a visita. Tem post novo! Beijooooos! :D

Maicon Caine! disse...

vou morrer, rs

"Sofi@" disse...

Mais que perfeito, adorei essa tua imaginação fertil, nem quero pensar nos próximas, vão arrasar!

Beijo