sábado, 19 de junho de 2010

Eu sou sua menina, viu?

Pode me ignorar, pode continuar jogando essa fumaça no ar, pode! Só você sabe o quanto e quando você pode. Pensa que eu não sei que esse é o seu joguinho? Ora, Chico, desde que me conheço como sua gente, me derreto quando põe a mão tampando um dos seus oceanolhos, quando canta baixinho, quando dá meia volta numa caminhada na praia... Eu vou te seguir onde quer que você vá, vou ser seu prato do dia, seu pra todo dia ou qualquer outra forma de me definir como sua refeição. Ah, Chico, não faça de conta que não me ouve! Larga essa fumaça e vem para cá... Venha ver o bem que você faz ao meu corpo...


-
Resolvi postar esse texto novamente por dois motivos: primeiro que ele foi totalmente inspirado em trechos de músicas do Chico e segundo que hoje é o aniversário do mesmo. Desejo mais anos de vida e que ele continue (en)cantando todas as suas mulheres que nem ele sabe que tem.

2 comentários:

Lilah Costa disse...

" Eu vou te seguir onde quer que você vá, vou ser seu prato do dia, seu pra todo dia ou qualquer outra forma de me definir como sua refeição."

Ameei,muito bom mesmo =]

Iala disse...

Olá...
está demais este texto referente ao chico..
=)
criativa demais você! parabéns!!
beijos.. tô te seguindo já!